Quinta-feira, 11 de Agosto de 2016

Os subúrbios da alma.

      Vivo para me perder. Dentro de mim existe uma força mais forte do que eu. Mais forte que a própria vontade. É como um espectro fantasma que germina. Cresce dentro de mim. Um parasita na véspera de me tomar de assalto. Morrer no fim de tudo é um princípio.
      De súbito, sou eu na praia a escrever nas teclas do piano que voga pelas ondas duma maré insatisfeita. Os subúrbios da alma escondem criaturas negras que nos ferem no âmago.
      A solidão ferve-me os nervos nesta angústia que vai e vem num turbilhão de opressão. Às vezes sinto que estou acompanhado duma solidão conjunta. As vozes na minha cabeça chamam por mim. Clamam por um fim.

publicado por 100destino às 20:09
link do post | comentar | favorito
|

.Novos Destinos

. Vivo Para Te Encontrar.

. Timbres Cor De Fogo.

. Procuro Pelos Espaços Do ...

. Entre Nós Nunca Houve Tem...

. A Tentação Sombria Da Mel...

. Algures Dentro De Nós Exi...

. Onde Colar Os Selos Diama...

. Os Nexos Complexos Finalm...

. A Dor É Apenas Um Estado ...

. o Veneno Tóxico Da Loucur...

.Outros Destinos

.Destinos comentados

Como posso entrar em contato com você?Me mande um ...
lindo
Tantas e tantas vezes que temos este pensamento...
Ninguém saberá responder a isso...
Gostei muito deste excerto, especialmente "Segredo...

.Destinos antigos

.subscrever feeds