Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

01.08.08

Não traição.


100destino

 

Ate que ponto me trais. Já pensei nisso e acho que me trais. Ate que ponto não fazes amor comigo e sim com alguém da tua imaginação é algo que me assusta. Aflige-me traíres-me comigo mesmo. E como se uma bipolaridade pudesse por momentos se tornar física e eu me diferenciasse em dois. E assim só assim conseguir estar contigo sem uma revolta interior. Nalgum momento que não sei quando, por ser algo gradual e subconsciente começaria a me separar como numa reprodução celular no momento em que te acercas de mim. Chegas a mim o teu cheiro de fêmea e a cada olhar lânguido flutuo para longe e de costas. Não te ver seria não te sentir. Poderia então descansar o espírito de ti enquanto o meu outro eu te saciava as carnes.

1 comentário

Comentar post