Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

30.01.11

Abraça-me.


100destino

Abraça-me.

Crava fundo em mim as formas do desejo.

Fico, maré ante maré à espera da revolta.

Suga, abstêm-me inerte em uma fissura de azul.

Sem nexo, sem tom, destino múltiplo de marfim.

Sigo por ti, só para ti, púbis.

Sangue, carne, fogo.

É teu esse mundo imenso em que me perco.

Quero mais e mais e mais de ti solitário.

Antes que me fujas escondida na frase do adeus.