Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

24.10.08

Nocturno


100destino

     O manto indelevel da noite cobre-me de negro. O escuro e o frio oprimem-me num único ponto. Sinto-me desfalecer. Caio na noite intemporal sem nunca tocar o chão. Tenho a sensação de pairar no ar e no entanto a minha alma tacteia a solidão.

      Ela está ali. Está perto de mim. Sinto-lhe o cheiro. Mas ela continua escondida à espera do momento certo para se poder alimentar de mim.

      Mantenho alta a guarda e passo a noite defendendo-me dos fantasmas das memórias passadas. São imagens que me assustam não por serem terriveis mas por nunca me abandonarem. Ficam por perto fazendo-me companhia todas as noites. Todas as noites fazem questão de me relembrar da minha própria inexistência.

      Tento dormir para que os pesadelos possam suavizar a aflição da insónia. Atravesso os minutos que pingam em mim e ensurdeço com o seu clangor.

       Até que por fim chega a madrugada e me prepara para a alegria de um novo dia.