Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

18.12.08

Os Momentos


100destino

 

Momentos há-os de todas as qualidades. De todos os tamanhos e percepções. Há os que mudam tudo e os que não mudam nada. Há os que fazem diferença e os que cuja diferença nós preferíamos que não existisse. Há os momentos que não chegaram a existir, os momentos que gostamos de recordar e os momentos que daríamos tudo para voltar a viver.

Aquele momento em que te vi foi um desses momentos. Um momento em que ofuscado pelo teu brilho o meu tempo parou. Ali, cessei a existência da multidão e o meu mundo passou a girar em teu redor. Sabia que naquele momento o teu sorriso voava longe nas asas de uma melodia e esse teu fascínio transbordava de ti para mim sem que te apercebesses. A partir dai passei a ser apenas metade pois o que me falta nunca sequer cheguei a saber o nome.

No meio da multidão perdi a reacção. Fiquei no mesmo sitio hipnotizado pela sensualidade de um anjo que se mostrou apenas a mim. Com o seu suave momento ondulante me levou a voar pelas longitudes sobrenaturais que nunca acreditei que existissem. Mas nunca soube o meu nome, nunca chegou a saber de mim.

Nesse momento fiquei a saber que existe uma parte de mim que vive para te conhecer. Uma parte de mim que só pensa no momento que voltes a surgir do espaço e venhas completar esta sensação de vazio que agora acarinha o meu coração.

Espero que um dia, me dês a mão e olhos nos olhos me digas o nome do meu anjo perdido.