Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

18.04.10

Inquilino do Mundo


Paulo José Martins

Beijo a mão vazia do dono

Fome, sede, nada me espanta

O Céu estrelado é a manta que me aquece

E o chão a cama que me conforta

Infinitos são os lugares da alma

Não tenho nada, possuo tudo.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.