Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

12.09.10

Réstia de um corpo na flor do abandono.


100destino

 

Perfumo o gesto escrito em gotas de vapor.

Exala no espaço um momento obscuro.

Revelas-te em mim num beijo em fenda.

Lábios esculpidos em marfim que me seduzem.

Prendem-me neste miasma que intoxica e desaparece.

Nós dois como peça única num fenómeno universal.

Desejo o tempo como cicatriz que já não dói e que nos completemos num murmúrio já sem fogo.

Extintos os desejos da alma no vento soprado da paixão.