Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

07.03.16

De Asinha Partida.


Paulo José Martins

47. E eu, cá fico no chão, de asinha partida, a ver o meu alado amigo subir aos céus azuis da esperança. Enquanto olho, fico à espera que alguma alma caridosa me estenda a mão. O miador estende a patinha. Quer aninhar-se no calor do meu colo e ficar à espera de um cafuné na orelha.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.