Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

19.07.15

Existência Nula.


100destino

 


A cada passo caio. Levanto-me agarrado a umas paredes de mãos que não conheço. Tateio num incessante apalpar que agarra coisa nenhuma.
Percorro neste labirinto onde perdura o vácuo e nada encontro nesta existência nula. O meu gesto ninguém vê, ninguém ouve. Pergunto me se existe mais alguém ou estaria sozinho?
Um solitário estigma carnal quer ao sarar definha, desaparece, morre sem deixar a cicatriz de uma qualquer recordação.