Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

100Destino

Onde um destino sem destino procura um destino entre cem.

29.06.14

Passos ébrios da noite.


Paulo José Martins

Sinto o teu reflexo sobre os passos ébrios na noite. Cada segundo da tua ausência soma-se à ansiedade sulfurosa do próximo encontro. Todos os minutos somam-se aos demais e cada tempo se torna o perigo de um novo adeus.

 

Lembro-me do mentol ambrosíaco do teu beijo celestino. Navego a ausência de medo quando me entrego absolutamente nos teus braços. A cada tu, serei sempre um eu, perdido na maré imensa desse olhar infindo. E dentro de mim cresce este calor sustenido em que convalesço na tua ausência.

 

Juntos, seremos sempre mais que a soma de todos os universos imateriais em que nos sobrepomos. Fusão magmática estelar dos nossos corpos fulgurantes. E na maresia inebriada da paixão existe uma linha ténue entre a noite e a madrugada onde me perco na absoluta certeza de não saber qual de nos os dois sou eu.